As vinte e não sei quantas Igrejas de Tavira

Traseiras da Igreja de S. Maria do Castelo, a matriz. Foto: Wikipedia.

Aqui fica um mapa das 20 igrejas de Tavira [1]. Alguém levantou a questão de quantas são afinal !? Vinte e uma são referidas por Anica e Damião de Vasconcelos e todas se situam dentro do perímetro urbano. Rui Salvé Rainha [2] refere trinta e seis, contando com as igrejas da periferia (eg S. Margarida, N.S. da Saúde) e as que já existiram. Eu fui ao mapa e de memória contei vinte igrejas. Na minha óptica, convento e sua igreja associada contam como um corpo único: há quem as conte como duas – igreja e convento – deste ponto de vista, N.S. do Carmo e S. Francisco contam como dois templos separados, ficando assim com vinte e duas. Não contabilizei as igrejas da periferia: Santa Margarida, Capelinha, N.S. da Saúde e São Domingos (já demolida). Assim ficaríamos com vinte e seis. Mas não concordo com este critério, porque assim teríamos de contar com a igreja de Santa Luzia, que está a uma distância do interior da cidade inferior à da ermida de N.S. da Saúde. O critério mais correcto será então contar apenas com as igrejas situadas nas duas freguesias históricas da cidade. Portanto, assim e apenas tendo em conta as que estão de pé (excluindo S. Domingos) temos vinte e três. Cada um agora diga de sua justiça.

IGREJAS EXISTENTES

Aqui fica uma lista com as igrejas de acordo com a listagem enumerada pelo Marco Sousa Santos no Facebook, o qual desde já agradeço. A informação da igreja do Arraial devo-a ao Rui Salvé Rainha.

  1. Matriz de Santa Maria;
  2. Matriz de Santiago;
  3. Igreja do extinto mosteiro de São Bernardo;
  4. Capela de Nossa Senhora da Consolação;
  5. Igreja do extinto convento de Nossa Senhora da Graça;
  6. Capela de Nossa Senhora da Piedade;
  7. Ermida de Nossa Senhora das Angústias;
  8. Ermida de São Pedro;
  9. Ermida de Sant’Ana;
  10. Ermida de Nossa Senhora da Saúde ou São Marcos;
  11. Ermida da Capelinha;
  12. Ermida de Santa Margarida;
  13. Ermida de São Brás;
  14. Ermida de São Lázaro;
  15. Ermida de São Roque;
  16. Ermida de São Sebastião;
  17. Igreja da Misericórdia;
  18. Igreja da Ordem 3ª do Carmo;
  19. Igreja do extinto convento de Nossa Senhora do Carmo;
  20. Igreja do extinto convento de São Paulo;
  21. Igreja de Nossa Senhora das Ondas (São Pedro Gonçalves Telmo);
  22. Igreja do extinto convento de Santo António;
  23. Igreja da Ordem 3ª de São Francisco;
  24. Igreja de São José (Hospital).
  25. Ermida de Nossa Senhora do Carmo (Arraial Ferreira Neto / Hotel Albacora).

Igrejas inexistentes

Agradeço ao Rui Terramoto por esta lista.[3]

  1. S. Domingos da Asseca
  2. S. João Baptista da Corredoura
  3. Nossa Senhora da Caridade (no antigo solar dos Vila Lobos)
  4. Nossa Senhora do Loreto
  5. Capela de S. Brás (incorporada na de S. José)
  6. Capela do Sr. Dos Aflitos na Bela Fria, embora privada mas com culto público.
  7. Capela de Nossa Senhora da Conceição ou Nossa Senhora dos Aflitos no Solar dos Vaz Velho
  8. Capela de Santa Luzia
  9. Capela de Santo António
  10. Nossa Senhora do Espinheiro ou da Esperança que foi integrada na igreja de Sto. António
[1] V.a.. 2010. Tavira – cidade das Igrejas. Edited by de Tavira, Município. .
[2] Salvé Rainha, Rui and Délio Lopes. 2013. Procissões, romarias e tradições de Tavira. Edited by Author. .
[3] Terremoto Santos, Luís and Rui Terremoto Santos. 2011. As invocações marianas em Tavira. Município de Tavira. .

Deixe uma resposta